Nutricionistas especializados em Doença Celíaca e Intolerâncias Alimentares – Rio de Janeiro

Juliana Crucinsky ( Nutrição Clínica e Funcional / Fitoterapia – Doença Celíaca, alergias e intolerâncias alimentares, doenças autoimunes, distúrbios tireoidianos, sobrepeso, diabetes, doenças cardiovasculares, síndrome metabólica. e especialista em Dieta Paleolítica)

Formação Profissional:
Mestranda em Alimentação, Nutrição e Saúde – UERJ.
Especialização em Fitoterapia, Nutrição Clínica e Funcional.
Experiência de 15 anos em consultório.

Endereço : Estrada de Jacarepaguá, 7655  – sala 710  – Freguesia/Jacarepaguá

Nutrição Clínica e Funcional – Endereço 2:
Ipanema: Rua Visconde de Pirajá, 550 – sala 1216 – Tel: (21) 98820-7773  (Atendimento somente aos SÁBADOS)

Não atendo convênio, trabalho com recibo para reembolso

 

 

4 comentários em “Nutricionistas especializados em Doença Celíaca e Intolerâncias Alimentares – Rio de Janeiro

  • 9 de agosto de 2016 a 12:06
    Permalink

    Bom dia, muito bom o artigo e me causou uma dúvida, minha filha de 5 anos foi diagnosticada com doença celíaca pela gastro. Os exames laboratoriais não acusaram nada, ela fez biópsia que acusou atrofia das vilosidades, mas o HQ2 HQ8 deram não reagente, quando ela fez os exames de sangue ela estava internada e já fazendo a dieta a alguns dias. Sempre tive dúvidas quanto ao diagnóstico mas sem coragem de deixa-la consumir glúten novamente.

    Responder
    • NaoContemGluten
      10 de agosto de 2016 a 19:49
      Permalink

      Olá Andrea! Uma parcela dos celíacos pode apresentar o exame genético negativo. A atrofia nas vilosidades pode ser causada por vários motivos, dentre eles a doença celíaca. Uma maneira de se confirmar é com os sorológicos positivos, mas como você relata que a dieta sem gluten já estava sendo feita quando esses exames foram realizados, realmente eles podem dar negativo, o que é um bom sinal! Significa que a sua filhinha está reagindo de forma positiva à dieta e aos poucos vai recobrando a saúde!
      Provavelmente daqui alguns meses ou quando completar um ano do diagnóstico ela terá que refazer a biópsia e se houve recuperação total ou parcial das vilosidades significa que a sua filha realmente é celíaca e está respondendo de forma positiva e satisfatória à dieta.
      Não se esqueça de ficar de olho na contaminação cruzada para que ela tenha uma recuperação plena, e não se esqueça: doença celíaca não tem cura, nós recuperamos as vilosidades, mas a dieta é para a vida toda!
      Esperamos ter lhe ajudado! Melhoras pra sua filha!

      Responder
  • 10 de abril de 2017 a 00:24
    Permalink

    Em fevereiro de 2017 atraves de uma endoscopia fui diagnosticada com doença celíaca e que foi confirmada com exame de sangue. Não consumo glúten desde então me sinto muito bem os sintomas de diarréia , cólicas insuportáveis ,azia etc .desapareceram. Mas tenho dúvidas pois sou obesa e meu peso aumentou ainda mais,gostaria de saber se tem haver com a DC.

    Responder
    • NaoContemGluten
      18 de abril de 2017 a 11:53
      Permalink

      Olá Lourdes! O que acontece é que antes da dieta sem glúten você não estava absorvendo os nutrientes e agora com a dieta você passou a absorver melhor. O ideal é procurar um nutricionista que entenda de Doença Celíaca para te orientar melhor sobre o que consumir para fazer uma boa substituição. Outro problema recorrente é o celíaco ter outras intolerâncias (como ao leite / lactose, açúcares, outros cereais, etc…), que pode te deixar “inflamado” e causar inchaços. Esperamos ter ajudado, boa sorte!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *