Doença Celíaca – Manual sobre contaminação cruzada

Não basta não comer glúten, tem que cuidar da Contaminação Cruzada! Acho que o maior problema dos celíacos é a contaminação cruzada por glúten, falo isso por mim! Não comer glúten, ok! Mas, passar mal porque o alimento estava contaminado?! Ai, ai, ai!

Quando a gente descobre a doença celíaca, não dá para manter segredo, a gente tem que sair palestrando sobre ela o tempo todo e para todo mundo que convive conosco. Alguns aceitam bem, outros nem tanto. Deixar de comer pão, pizza, macarrão assusta muita gente, quando a gente explica que não pode nem um pouquinho, nem de vez em quando, muito menos uma migalhinha…. O interlocutor quase desmaia! Se for a Vovó então! As Vovós não querem que os netinhos sofram de vontade de comer aquele pãozinho, o pavezinho, o bolinho que a Vovó fez, e dá-lhe palestra! A situação piora mais ainda quando explicamos sobre a contaminação cruzada que ocorre quando compartilhamos a geleia, a manteiga, cortamos bolo sem glúten com aquela faca que já cortou bolo com glúten… E as caras feias vão aparecendo! Há quem não se contenha e diga que é frescura! A gente sofre, explica, a maioria não entende, a gente sofre mais um pouco, até que cansa e resolve que só sai se levar marmita de casa!

Épocas festivas como Dia das Mães, Páscoa, Natal, Aniversários são as piores : se você leva marmita reclamam, se você duvida que tomaram cuidado com a contaminação cruzada, acham ruim…  É difícil, mas é possível! Para isso a querida Raquel Benatti fez um manual explicando sobre Contaminação Cruzada na Cozinha, fala sobre compartilhamentos, sobre utensílios, eletrodomésticos e casas que optam por ter alimentos com e sem glúten. leia com atenção, mostre o manual para quem ainda não entendeu que não podemos nem um pouquinho, que cuidamos da contaminação cruzada, que há outras formas de demonstrar amor, que o mais importante é cuidar da nossa saúde!

Doença Celíaca - Manual Contaminação Cruzada
Click na imagem para baixar o Manual dos Celíacos Contaminação Cruzada por Glúten na Cozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *