Café faz mal ao celíaco?

Café faz mal ao celíaco? Essa é uma pergunta muito frequente! Alguns celíacos passam mal quando ingerem café, chegam a questionar se o café sofre contaminação cruzada por glúten ou se há cevada misturada no pó de café. Realmente algumas marcas acrescentam cevada no produto final, mas vem constando na embalagem que CONTÉM GLÚTEN. Normalmente as marcas de pó de café que vem com o selo de pureza ABIC são confiáveis, porém mesmo assim muitos celíacos ainda passam mal com o café e os sintomas são muito parecidos com os de contaminação cruzada por glúten.

Quais são as causas?

Reação cruzada ao glúten é a causa. É quando seu corpo cria anticorpos contra o glúten (devido a doença celíaca), e esses mesmos anticorpos também reconhecem essas proteínas do glúten em outros alimentos. E quando você come esses alimentos, mesmo que eles não contenham glúten, seu corpo reage como se fosse glúten. Você pode fazer um esforço fantástico em permanecer completamente livre de glúten, mas ainda vai sofrer todos os sintomas do consumo de glúten, porque seu corpo ainda pensa que você está comendo glúten.

As proteínas são feitas de longas cadeias de aminoácidos ( proteínas pequenas podem ter apenas 50 aminoácidos, enquanto que as proteínas grandes podem ter 2000 aminoácidos de comprimento) e é a sequência específica destes aminoácidos que determina que tipo de proteína é formada. Estas cadeias de aminoácidos são dobradas, dobradas e flexionadas de formas extremamente complexas, o que confere à proteína a sua “estrutura”. Esta dobra / estrutura é essencial para a função da proteína.
A formação de anticorpos contra um antígeno (se este é um patógeno invasor ou um alimento/proteína) é um processo extremamente complexo. Quando os anticorpos são formados contra uma proteína, os anticorpos reconhecem sequências específicas (e curtas) de aminoácidos nessa proteína. Dependendo de como a proteína antigênicas é dobrada, certas sequências de aminoácidos nessa proteína são mais susceptíveis de serem o alvo da formação de novos anticorpos do que outras, simplesmente devido à localização dessa sequência na estrutura da proteína. Determinadas sequências de aminoácidos são mais antigênicas do que outras também (mais susceptíveis de estimular a formação de anticorpos). Isso também é parte do porquê certos alimentos têm um maior potencial para causar alergias e sensibilidades.

Então, o que acontece na reação cruzada?

Neste caso, a sequência de aminoácidos que um anticorpo reconhece também está presente em outra proteína de outro alimento (no caso do mimetismo molecular, essa sequência está também presente e é uma proteína no corpo humano). Existem apenas 20 aminoácidos diferentes, por isso, enquanto existem milhões de formas possíveis para ligar várias quantidades de cada aminoácido em conjunto para formar uma proteína, existem certas sequências de aminoácidos que tendem a repetir na biologia.

Assunto complicado, né? Em resumo : dependendo exatamente de quais anticorpos ou que anticorpos seu corpo forma contra o glúten, eles podem ou não podem reagir de forma cruzada com outros alimentos. Assim, não só você é sensível ao glúten, mas seu corpo agora reconhece alimentos que não contém glúten como sendo alimentos com glúten.

Devo me preocupar com isso?

Sim! Existe uma estimativa que cerca de 20% dos celíacos e SGNC (sensibilidade ao glúten não celíaca) apresentam essa reação cruzada a outros alimentos.

Quais são os alimentos?

  • Amaranto
  • Arroz
  • Aveia
  • Café (qualquer tipo instantâneo, grãos, ao leite, expresso)
  • Cânhamo
  • Chocolate
  • Espelta
  • Laticínios (leite e derivados, incluindo alfa-caseína, beta-caseína, casomorfina, butirofilina, proteína de soro de leite/whey protein e leite integral)
  • Leveduras (de cerveja, fermento para pão, cogumelos, fermentos lácteos)
  • Milho / Milheto
  • Ovos
  • Painço
  • Quinoa
  • Sésamo (gergelim)
  • Soja
  • Sorgo
  • Tapioca (mandioca e polvilhos)
  • Trigo sarraceno

Quais são os exames para detectar a reação cruzada ao glúten?

No livro ” A Dieta da Mente”, o Dr. David Perlmutter cita sobre a reação cruzada ao glúten e sugere os exames Cyrex matriz 3 e matriz 4, entretanto esses exames não estão disponíveis no Brasil. Alguns laboratórios brasileiros oferecem o Teste de Intolerância Alimentar a 221 alimentos e existe também o Food Detective, possível fazer no Brasil também. Consulte seu médico ou nutricionista para receber maiores informações.

Caso você, meu amigo celíaco, seja um amante de café e queira fazer uma última tentativa antes de excluir o café da sua vida, vai uma dica : café com torra mais suave e 100% puro como é o 100% arábica são melhor aceitos. O valor é bem maior, mas é puro café! Comprar em grãos e moer em casa garante essa pureza também. Se você gosta de café em cápsulas, tem muitas opções de café arábica no mercado.

E para complementar, alguns celíacos passam muito mal quando comem banana também, tente a banana prata e/ou a banana da terra, mas isso é assunto para outro post…

Fontes :

A dieta da mente – Dr. David Perlmutter

The Paleo Mom – https://www.thepaleomom.com/gluten-cross-reactivity-update-how-your-body-can-still-think-youre-eating-gluten-even-after-giving-it-up/

 

Doença Celíaca e Alergia Alimentar não é frescura! Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e familiares, marque aquele amigo (a) que é celíaco ou alérgico, para que todos possam compreender melhor o nosso universo! Educação celíaca sempre, juntos somos mais fortes!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *